Blog

Aprenda Como Montar Um Funil de Vendas Que Realmente Vende

Marketing Digital, que há muitos anos vem fazendo sucesso no exterior, agora está ganhando destaque também no Brasil. Não por acaso, o assunto “funil de vendas” vem sendo um dos mais debatidos nos últimos meses.

Aprenda Como Montar Um Funil de Vendas Que Realmente Vende
Aprenda Como Montar Um Funil de Vendas Que Realmente Vende

Trata-se de um mecanismo do marketing digital que visa gerar um relacionamento com um público para futuramente realizar vendas. O maior desafio nesse cenário, no entanto, é encontrar um modelo de estratégia que realmente funciona.

Em outras palavras, é preciso identificar um conjunto de práticas e ferramentas capazes de produzir resultados maximizados com o mínimo de esforço possível. Uma espécie de automação para conquista de mais cadastros e consequentemente mais vendas.

Mas como encontrar o caminho para isso? É a pergunta que muitos se fazem. A resposta a essa pergunta, você terá nas próximas linhas. Siga conosco e descubra os pilares para a criação de um funil de vendas que realmente vende.

Inbound Marketing = Mais Vendas

Aprenda Como Montar Um Funil de Vendas Que Realmente Vende

Antes de qualquer outra coisa, para produzir um funil que realmente entrega os resultados esperados é importante compreender o conceito de Inbound Marketing.

Bastante difundido recentemente, este modelo de marketing digital trabalha na geração de contatos e relacionamento, para em uma última instância produzir vendas.

Para compreender esse processo, precisamos definir que “lead”, é o termo designado a todos os possíveis clientes que se cadastram em uma determinada lista de vendas.

Esse cadastro geralmente é captado por meio de uma oferta gratuita dentro de um determinado conteúdo ou em uma “landing page“, também chamada de “página de captura“.

O primeiro passo para um funil de vendas matador, portanto, é encontrar o caminho para geração de leads qualificados com recorrência.

Para isso, portanto, precisamos entender completamente as etapas que compõem um funil, o que você confere nos próximos tópicos.

Topo do funil

Essa é a etapa onde a pessoa que faz parte do público-alvo do seu negócio tem o primeiro contato com sua marca. Isso geralmente acontece por meio de um blog corporativo ou uma postagem em rede social.

Nessa fase o conteúdo com maior potencial para impactar esse possível cliente é aquele com teor informativo. O material não tem qualquer intenção de promover uma venda, mas sim, de situar o leitor em relação à existência de um problema que pode ser solucionado.

Imagine que uma empresa de umidificadores queira conquistar novos clientes e usar o marketing digital para isso. No “topo do funil” uma boa estratégia seria focar a atenção em quem está com tosse ou congestão nasal.

O conteúdo ideal para captar a atenção desse público, portanto, poderia ser um blog post do tipo: “5 elementos que causam a tosse e a congestão nasal”. Nesse conteúdo o objetivo seria apresentar a causa desses sintomas.

A ideia é captar a atenção do público e se possível conseguir seu contato. Nesse caso isso poderia ser feito tanto por uma chamada para a ação no meio do texto quanto por meio de uma oferta de um e-book, por exemplo.

Meio do funil

No meio do funil o público-alvo já sabe que existe um problema a ser solucionado e está em busca da solução.

Nessa etapa, portanto, é possível a inclusão de eventuais informações sobre o produto que você tem para solucionar o problema. O foco, contudo, ainda é ajudar o leitor a entender as opções, não necessariamente vender.

Voltando ao exemplo da empresa de umidificadores, por exemplo, esse seria o momento de criar um conteúdo com opções para resolver o problema.

Um blog post seguido de um e-mail com o link para o mesmo para o público-alvo seria de bom tom. O conteúdo poderia ser algo como: “5 soluções práticas para prevenir o ressecamento das narinas”.

Esse material poderia trazer soluções caseiras para melhorar a umidade do ambiente e também a alternativa do umidificador.

Ao falar sobre o produto vendido, é possível até mesmo incluir um link para uma oferta mesmo. Algumas vendas já podem ser realizadas nessa etapa.

Fundo do funil

Por fim chegamos no fundo do funil, que é onde a mágica acontece. Nessa etapa o possível cliente já sabe que tem um problema, sabe o que causa o problema e sabe que existe uma solução.

Nesse momento o público-alvo já está absolutamente tentado a adquirir o produto que resolve esse problema. De novo falando sobre a empresa de umidificadores, esse seria o momento ideal para enviar e-mails de teor promocional.

O material produzido nesse caso deve se focar em oferecer benefícios extras. Isso pode ser tanto desconto por tempo limitado quanto bônus para resolução de algum outro problema agregado.

O objetivo aqui é definitivamente fazer a venda do umidificador. Nesse caso, a elaboração de uma boa carta de vendas é fundamental.

As ferramentas ideais são indispensáveis

Entendido como funciona o funil de vendas dentro de uma estratégia eficiente, é hora de falarmos sobre o ponto fundamental para que tudo saia como o planejado: a ferramenta ideal.

De nada adianta entender como funciona o marketing digital e o funil de vendas, se não tiver à disposição uma plataforma que permite a aplicação prática da estratégia.

Nesse caso, portanto, a plataforma escolhida precisa incluir todo o necessário para execução de cada etapa do funil. Isso inclui ferramenta de e-mail marketing com integração a mídias sociais, auto responder eficiente e principalmente, uso intuitivo para criação das estratégias.

A plataforma que resolve todos os problemas

Considerando tudo o que foi dito, portanto, a nossa sugestão é a plataforma de e-mail marketing Mailing Boss, da Buiderall.

Trata-se de um conjunto de ferramentas que permite a perfeita criação de estratégias otimizadas para funil de vendas e o mais importante: a automação.

Isso significa a otimização de resultados, desde a captura até a qualificação de leads, tudo de maneira automatizada e com o que há de mais eficiente no mercado.

Com a plataforma é possível criar campos personalizados, mapear o perfil dos inscritos, sincronizar listas, criar notificações por e-mail, desenvolver peças de e-mail a partir de templates, e muito mais.

Você pode clicar aqui para conhecer a plataforma, com a certeza de que vai se surpreender com tudo o que a ferramenta pode fazer por seus negócios.

Artigos Relacionados

Leave a Comment